Ir para conteúdo

8 PASSOS PARA SER FELIZ

A Neurologia confirma: mudar de vida é possível e mais simples do que muitos imaginam. Aprenda, em oito passos, como modificar seu cérebro e seja feliz.

Foto por David Cassolato

Até o fim desse texto você vai entender o processo de mudança de vida, a partir dos cuidados com a saúde mental. Para começar, passe a ver o seu cérebro como mais um órgão do corpo humano, que pode ser transformado, assim como um músculo que ganha novas formas quando você vai para a academia.

Eu sou Augusto Medeiros, jornalista e entrevistei o neurologista Leandro Cruz sobre o funcionamento do cérebro e a capacidade que ele tem de mudar a nossa vida. Tivemos essa conversa durante uma LIVE do projeto MUDAR É POSSÍVEL, criado por mim depois que passei por uma grande transformação de vida. Para assistir à LIVE (CLIQUE AQUI).

O objetivo do doutor Leandro e o meu é simplificar um assunto que, num primeiro momento, pode parecer complicado para entender.  Mas veremos que não é bem assim.

Agora, vamos viajar juntos pelo incrível cérebro humano?

Entenda que o cérebro é altamente plástico. Ele modifica vias e circuitos, como explica o doutor Leandro Cruz, professor do curso de medicina da Faculdade Suprema, em Juiz de Fora, no estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil.

“Quando o indivíduo está submetido a um ambiente estressor, o cérebro é um, quando ele vai se modificando e buscando mudanças e mais tranquilidade na vida, o cérebro vira outro órgão, ele se modifica.”

Leandro Cruz, neurologista

Entenda o estresse e seus efeitos

Foto por Juan Pablo Serrano Arenas

O estresse é a instalação de um estado de alerta excessivo, que vai se acumulando ao longo dos dias, alcançando um grau de ansiedade. Está cientificamente comprovado que o estresse eleva o risco de doença vascular cerebral, aumenta a possibilidade de infarto do miocárdio, o infarto do coração, afeta o sistema imunológico e o indivíduo fica mais exposto a doenças infecciosas. É uma porta de entrada pra um ambiente caótico. Também provoca insônia, alteração da memória, alteração de atenção.

Como modificar o cérebro?

Essa transformação acontece porque existem vias neurológicas muito bem explicadas e desenhadas, que explicam, por exemplo, como um período de reflexão e autoconhecimento pode mudar as funções fisiológicas. O segredo é buscar o autocontrole e a calma, para não sofrer com os transtornos mentais, como ansiedade e depressão. Assim, você pode combater irritação, nervosismo, insônia e, consequentemente, ter mais qualidade de vida.

OITO PASSOS PARA A FELICIDADE

Passo 1: RELAXE A MENTE

Como diz o Leandro, não confunda relaxar com ler, ver televisão, assistir a um filme, escrever, estudar. Relaxar a mente é não se cobrar para fazer algo, para ser produtivo até mesmo no momento de descanso. Entenda esse passo como o momento de parar e observar-se. Faça as perguntas:

Como está a minha vida, hoje?

Como estou sentindo-me, agora?

É importante entender o RELAXAMENTO como parte do combate ao estresse e à ansiedade. O ritmo de vida acelerado faz o corpo produzir, em excesso, a adrenalina, um neurotransmissor altamente estressor, que influencia nos batimentos cardíacos.

“A medida que a gente consegue ir fazendo uma reflexão e ir buscando uma tranquilidade para a mente e para o corpo, os níveis de adrenalina e outras substâncias nocivas à saúde da mente, vão caindo e a gente vai modificando o corpo de forma a torná-lo pronto para um ritmo menos intenso.” Leandro Cruz

Ao preparar o corpo para um ritmo menos intenso, isso repercute no sono, no apetite, na função intestinal, libido, irritabilidade, humor, uma série de elementos, tanto da consciência quanto do próprio corpo, que vão sentindo lentamente essa transformação.

Quando você começar a experimentar os benefícios de uma vida mais tranquila, de uma vida diferente, você vai se apegar a essa mudança de uma forma mais duradoura.

Passo 2: REFLITA SOBRE A SUA VIDA

Faça uma reflexão sobre os seus valores. Responda às seguintes perguntas:

1 – Aonde eu quero chegar?

2 – Qual o objetivo disso tudo?

3 – Eu tenho uma meta pessoal?

4 – O que é felicidade?

5 –  O que me traz bem estar?

O neurologista esclarece que é preciso questionar o que é bem-estar e felicidade para você. É ter um celular novo? Um carro novo? Ou é possível viver mais tranquilo, com uma casa mais modesta, dentro de um ambiente de uma paz maior?

 Passo 3: PRATIQUE O AUTOCONTROLE

Ter autocontrole é uma prática. Não dá para imaginar que você vai se tornar uma pessoa mais tranquila da noite para o dia. Por isso, o médico aconselha práticas como a meditação e a respiração, que auxiliam no relaxamento da mente. É preciso ir com calma, dia a dia. Esse é o segredo para fazer uma mudança de vida real e permanente.

“Uma vez que você experimenta os benefícios de uma vida mais tranquila, de uma vida diferente, você vai se apegar a isso de uma forma mais duradoura.” Leandro Cruz

O médico explica que assim, você vai transformando o seu cérebro. Muitas pessoas têm a ideia de que, pelo fato de o cérebro ser um órgão cheio de giros e sulcos, ele é estático, mas ele não é. Ele não é nada estático, assim como a nossa pele não é, o nosso osso não é. Ao longo de uma vida, o cérebro não é o mesmo órgão. O nosso músculo, se exposto a uma força, uma resistência, ele se desenvolve. O cérebro é a mesma coisa. Ele se modifica de acordo com o estímulo, chama-se neuroplasticidade esse conceito.

 Passo 4:  COMA E DURMA BEM

Reflita sobre as reações do seu corpo quando você come uma feijoada e quando você come um peixe com uma salada. Estudos científicos comprovaram que alimentação adequada e boa noite de sono são excelentes neuroprotetores. É simples assim.

Passo 5: TRACE DESAFIOS SEM ESTRESSE

O desafio é um ótimo exercício cerebral. Isso tem a ver com a sua reflexão sobre o que você quer para a sua vida. Depois de identificar o que te traz felicidade e bem-estar, elabore planos para atingir metas e desenvolver um propósito de vida. No canal MUDAR É POSSÍVEL, você encontra duas entrevistas sobre esse tema, com uma psicóloga e uma terapeuta (CLIQUE AQUI).

O desafio também é um neuroprotetor, mas é importante que esse desafio não gere estresse, caso contrário, não será saudável para o cérebro. É importante colocar limites. Eu mesmo sou um exemplo de que a intensidade pode trazer prejuízos. Eu era muito envolvido com o meu trabalho, mas o excesso causou ansiedade e foi preciso me afastar da rotina muito acelerada. Uma dica é traçar metas por etapas. Um passo de cada vez vai ajudar a alcançar objetivos maiores, sem prejudicar a saúde mental.

Passo 6: ESCUTE OUTRAS PESSOAS

Não se trata de ouvir e se importar com a opinião alheia sobre você. Aqui, a questão é se alguém se refere a um sintoma seu que pode ser sinal de que algo não anda bem com a sua saúde mental. Então, preste bastante atenção a perguntas como:

  • Por que você está irritado?
  • Por que você está mal-humorado?
  • Será que isso está te fazendo bem?
  • Por que você está mudado?

Geralmente, as pessoas não veem com bons olhos. Elas reagem mal a esses questionamentos e isso é para ser feito com muito tato também, mas quando você ouvir essa pergunta, não é à toa que ela veio. Ela não é uma pergunta provocativa. Ela é uma pergunta de uma pessoa interessada em você. Não adianta sair esperneando e ficar ainda mais irritado. A questão é levar isso para uma reflexão. “Por que você está assim irritado?” não é uma pergunta para se responder na hora. É para ser digerida. Esse s

Passo 7: NÃO BUSQUE A SOLUÇÃO NO REMÉDIO

Se você não conseguiu tratar da sua saúde mental de forma preventiva, com todos os cuidados que já foram citados, e acabou desenvolvendo transtornos como ansiedade e depressão, agora é preciso repensar com mais profundidade sobre o seu estilo de vida. Não adianta querer uma solução urgente para resolver um problema que você vem arrastando há muito tempo.

 O remédio é muito importante, mas para alguns casos. Para que o paciente estacione o processo e tenha condições de mudar o que vem provocando o estresse. Outras pessoas podem responder à psicoterapia, à prática de atividade física, e até mesmo a um tempo afastada dos problemas, para descansar a mente.

Em todo caso, com ou sem remédio, a mudança de vida é essencial para sair de vez do que causa o sofrimento e transtornos mentais.

Se você se interessou pelo tema de MUDANÇA DE VIDA, visite agora o meu Canal no YouTube, onde desenvolvo o projeto MUDAR É POSSÍVEL, contando a minha história de mudança e entrevistando especialistas que nos ajudam a entender o que precisa ser feito para mudar de verdade.

Passo 8: FAÇA PSICOTERAPIA OU TERAPIAS ALTERNATIVAS

Em muitos casos, a Mudança de Vida só é possível, se você for em busca de uma solução mais definitiva para os seus problemas. Às vezes, eles podem estar na infância, no trabalho, nas decisões equivocadas que você toma com frequência, pode estar na questão sexual. São vários elementos que podem estar mal resolvidos e que trazem um desgaste muito grande e a tendência é que, na maioria das vezes, a pessoa tenda a culpar o outro.

Olhe mais para dentro de você e acredite que Mudar é Possível.

Augusto Medeiros Ver tudo

Jornalista brasileiro, escreve sobre comunicação, viagem, cultura e desenvolvimento humano. Trabalhou 17 anos como repórter de televisão, no Brasil. Atualmente, é baseado em Berlim. É gerente de projetos pela FGV e também é ator e roteirista.

4 comentários em “8 PASSOS PARA SER FELIZ Deixe um comentário

  1. Amei, Augusto. Ótimo texto. Inspirador, simples e completo. Mudar é possível , desafiador e realmente vale a pena. Estou amando o seu projeto. Os seus vídeos e textos trazem a clareza do excelente jornalista que sempre foi e a coragem do buscador que se tornou. Parabéns, querido. Que jornada linda!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: